No mercado, existem diversos tipos de sistemas de impressão, de todas as formas, tamanhos e valores. Nesse artigo, você vai conhecer os principais tipos e de que forma eles podem agregar ao seu negócio.

Quais são os 4 tipos de sistemas de impressão mais comuns no mercado?

Antes de pensar em um projeto gráfico bem elaborado, é preciso conhecer as opções que existem atualmente.
São diversos papeis, cores, tamanhos e acabamentos, e é necessário pensar em qual tipo de material deseja realizar, seja um cartão ou até mesmo um cartaz promocional, para só então definir quais os tipos de sistemas de impressão serão definidos.

Offset

O Offset é um dos sistemas de impressão mais utilizados atualmente, pois é uma das ferramentas mais apropriadas para impressão de grandes quantidades. Nesse processo, há apenas intervenção humana para ajustar os processos, como a fração de tinta e água no decorrer do processo.

Das diversas características que esse material proporciona, além de ser impresso em grandes quantidades, estão o acabamento excelente e o uso de cores especiais.

Nesse procedimento, utiliza-se uma chapa metálica, geralmente feita de alumínio, que torna possível a reprodução de tintas à base de óleo. Geralmente, o offset é utilizado para impressão de revistas, livros com imagens coloridas, materiais de papelaria e promocionais diversos.

Digital

Outra forma de sistemas de impressão é a digital. Geralmente, ele é utilizado para triagens mais baixas. Ela surgiu nos anos 90 e ainda é muito utilizada até hoje por conta da sua praticidade sua evolução bem significativa, sendo própria para triagens mais baixas.

Nesse procedimento de sistemas de impressão, a imagem é definida por um computador e é enviada diretamente para a impressora. Por permitir diversos tamanhos, cores e uma infinidade de tipos de papeis, utiliza-se um toner de secagem rápida para não borrar e estragar o material.

Esse procedimento é utilizado para bonecos de material gráfico, como agendas, calendários e afins, e até materiais promocionais personalizados.

Silk Screen

A terceira forma é o silk screen, e, por ser de baixo custo, ela ainda é muito utilizada por trazer resultados com vetores e traços. O sistema é muito antigo, mas foi se modernizando a cada dia.

Nele, a tinta passa sobre uma tela com pontos vazados ou cheios, para definição de traços, sendo mais finos ou mais grossos, e passa por uma espécie de rodo que vai se espalhar pelo local onde a tinta será transferida.

Por ser um dos sistemas de impressão de valor baixo, é muito utilizada para a impressão de materiais em grande quantidade, camisetas, vidros personalizados, canetas, canecas e até mesmo em madeira. Esse é um dos sistemas de impressão mais procurados atualmente por conta da variedade de materiais e espessuras que ele realiza.

Impressão tipográfica

A impressão tipográfica também é um dos sistemas de impressão muito utilizados. Por ser um método antigo, que é ligado à criação da prensa, foi muito utilizado para realizar o sistema de comunicação mecânica no mundo todo.

O pioneiro desses sistemas de impressão foi Gutenberg, que “inventou” esse sistema em 1442, com a imprensa que levou seu nome, e em 1450 ele imprimiu a primeira versão da Bíblia, com cerca de 300 cópias.

Por serem possíveis diversas letras e formatos, ela ainda é muito utilizada até hoje. Esse é um dos sistemas de impressão que podem ser encontrados em livros, por possuir diversos tipos de formas de escrita.